A participação de coletivos de realizadores no CEN: Teia (MG)

Clarissa Campolina, Helvécio Marins Jr., Leonardo Barcelos, Marília Rocha, Pablo Lobato e Sérgio Borges são nomes reconhecidos pela realização de vídeos, filmes, instalações e participações em diversas mostras e festivais no Brasil e no exterior. Juntos, eles integram o Coletivo mineiro Teia e trabalham de forma colaborativa, primando pela liberdade e experimentalismo em produções e pesquisas individuais mas, que de alguma forma, envolvem todo o grupo e também convidados de fora. É caso do artista-audiovisual Cao Guimarães, que produziu “Acidente” em parceria com Pablo Lobato. Formada em 2003, a Teia já realizou cerca de 36 filmes em curtas, médias e longa-metragens.  Suas produções receberam mais de 50 prêmios em festivais brasileiros e internacionais.

Os realizadores da “Teia”

Pablo Lobato fez parte da primeira edição do CEN, em 2003, quando exibiu o curta Cerrar a porta em filme na Mostra Competitiva de Curtas-Metragens. Em 2008, ele integrou o júri oficial de premiação do festival. Já Sérgio Borges, foi premiado no primeiro CEN, com o filme Através, e recebeu o segundo lugar na Mostra Sala de Aula, em 2007, com Trem Fantasma. Na última edição, em 2009, recebeu o Prêmio do público de melhor curta e menção especial do júri com o curta-metragem Perto de Casa. Em 2008, na quinta edição do CEN, a Mostra Filme em Minas contou com a exibição de diversas produções mineiras, entre elas Nascente, de Helvécio Marins Jr. eParaisópolis, de Sérgio Borges.

A presença de artistas mineiros em edições do CEN é sempre intensa e profícua, conferindo expressão para os elementos significativos que acompanham a proposta do festival desde sua primeira edição. Outra constatação interessante e que vai ao encontro do CEN é o aumento de grupos de  realizadores audiovisuais que trabalham em conjunto. Um exemplo é o coletivo Alumbramento (CE), presente no CEN deste ano com “Os Mostros”. Estamos falando da mescla entre artes visuais e cinema, experimentação, diversidade de linguagens e de escolhas estéticas, mas também de uma vontade latente de pensar a potência das imagens e do próprio processo de realização.

Na sétima edição do CineEsquemaNovo a participação de integrantes da Teia poderá ser vista na instalação Expiração 02, do artista Pablo Lobato, que ficará aberta à visitação no Atelier Subterrânea. Saiba aqui mais sobre “Expiração 02”.

Máquina Expiração, em foto de Adriana Galuppo

O grupo estará presente no CEN 2011 com o premiado O Céu Sobre os Ombros, de Sérgio Borges, selecionado para a Mostra competitiva de longas-metragens do CEN 2011. Leia aqui uma entrevista com o realizador.

Frame de “O Céu Sobre os Ombros”

Participação da Teia na programação do CEN 2011:

  • Dia 23/04 – 19h às 0h
  • Dias 24 a 30/04 – 14 às 20h

Exposição Expiração 02 – Atelier Subterrânea

  • 26/04 – 21h30min

Mostra Competitiva de Longas 6 – O Céu Sobre os Ombros – P. F. Gastal – Usina do Gasômetro

  • 27/04 – 14h

Mostra Competitiva de Longas 6 – O Céu Sobre os Ombros – Cine Bancários

  • 29/04 – 14h

Debate: Exposições Ficções, Expiração 02 e o CEN 2011- Cine Santander Cultural

Francine Nunes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *