CEN apoia Carta de Tiradentes

CineEsquemaNovo apoia Carta de Tiradentes

Manifesto, que defende políticas públicas de fomento à produção audiovisual de baixo orçamento, foi assinado por mais de cem realizadores, produtores e pesquisadores brasileiros do audiovisual

O CineEsquemaNovo – Festival de Cinema de Porto Alegre (CEN) esteve representado na 14ª Mostra de Cinema de Tiradentes, em Minas Gerais, onde foi um dos apoiadores da Carta de Tiradentes – um manifesto assinado por cerca de 100 realizadores, produtores, pesquisadores e críticos brasileiros com o objetivo de apontar a necessidade de políticas públicas de fomento à produção audiovisual, sobretudo de baixo orçamento (no & low budget).

O manifesto, lido pelos atores João Miguel e Irandhir Santos, transformou-se em uma petição pública que será protocolada junto à Agência Nacional do Cinema (Ancine) e ao Ministério da Cultura. A petição está disponível aqui e pode ser assinada por qualquer pessoa.

O documento elaborado durante a mostra mineira se baseia em cinco pontos, conforme texto que está disponível na íntegra no site da Mostra:

1) Criar linhas específicas de fomento para formatos de produção que primem pela inovação técnica e artística, com orçamentos de menor porte;

2) Desenvolver uma política de fomento específica para a distribuição e exibição de filmes de baixo orçamento, incentivando a estruturação comercial de empresas distribuidoras que se dediquem a este segmento;

3) Valorizar e ampliar as instâncias formuladoras de políticas para o setor, que reconheçam a pluralidade dos modos de produção e contemplem uma maior representatividade de todos os agentes;

4) Fortalecer e equipar os espaços de produção inclusiva e democrática, dos Pontos de Cultura aos CTAv’s;

5) Construir uma política unificada e ousada de internacionalização de nossa produção, articulando um conjunto de ações para consolidar a presença internacional de nosso cinema de modo planejado e integrado.
O CEN também marcou presença em Minas Gerais no Encontro Nacional do Fórum dos Festivais, entidade que reúne representantes dos principais eventos brasileiros dedicados à produção audiovisual e tem como objetivo elaborar e propor ações coletivas de fortalecimento dos festivais e de integração deles ao mercado do audiovisual no país. Em Tiradentes, foi feito um balanço da atuação do Fórum em sua primeira década de existência e desenhados caminhos para os próximos anos – que vão passar, entre outras coisas, pelo esforço de abrir cada vez mais o diálogo com o poder público.

Sobre o CineEsquemaNovo 2011

A sétima edição do CEN será realizada entre os dias 23 e 30 de abril em Porto Alegre, em diferentes espaços do centro cultural Usina do Gasômetro e no Cine Santander Cultural. O festival conta com a co-realização da Prefeitura Municipal de Porto Alegre, através da Coordenação de Cinema, Vídeo e Fotografia da Secretaria Municipal de Cultura, e apoio especial do Santander Cultural.

O CEN 2011 tem como principal meta abrir ainda mais o cruzamento entre cinema e artes visuais na sala de projeção, um objetivo que vem sendo perseguido pelo encontro desde sua primeira edição, em 2003, e que neste ano receberá atenção especial inclusive em suas programações paralelas. A primeira delas confirmada é a videoinstalação “O Que Pode a Expiração”, do artista mineiro Pablo Lobato, que ficará aberta à visitação durante o festival.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *