Mostra Arsenal – Programa Jack Smith

todas as sessões ocorrem na Sala PF Gastal (Usina do Gasômetro – Av. Pres. João Goulart, 551/3º andar)


Programa Jack Smith #1
ABERTURA CEN 2014 – 13 de novembro, quinta, às 20h30
15 de novembro, sábado, às 21h30

Normal Love
Jack Smith; EUA; 1963-65; 106min

Captura de ecrã - 2014-11-07, 20.53.13O segundo longa-metragem de Jack Smith parece derivar de sua adoração a Maria Montez, a estrela de filmes B, mais conhecida pela sua atuação em “Cobra Woman”. A obra exibe uma variedade de monstros de filmes de horror dos anos 30, uma sereia, uma personagem devassa, e vários outros, interpretados por um elenco que inclui Mario Montez, John Vaccaro, Diane DePrima, Beverly Grant, Tiny Tim, entre outros.


The Yellow Sequence (exibição somente no dia 15/11)
Jack Smith; EUA; 1963; 15min

Captura de ecrã - 2014-11-07, 20.55.00YELLOW SEQUENCE (1963) consiste em cenas do futuro apresentador Tiny Tim e da drag queen Francis Francine. Supostamente concebida como parte de NORMAL LOVE, do mesmo diretor, esta sequência deslumbrante é o que resta da versão reconstruída do filme.


 Programa Jack Smith #2
14 de novembro, sexta-feira, às 18h30
15 de novembro, sábado, às 18h30

Scotch Tape
Jack Smith; EUA; 1959-62; 3min

Captura de ecrã - 2014-11-07, 20.56.55Os escombros espalhados no local onde seria o futuro Lincoln Center filmados com uma Kodachrome 16 milímetros. O título surge a partir de um pedaço de fita adesiva que ficou entalado dentro da câmera.


Songs for Rent
Jack Smith; EUA; 1968-69; 5min

Captura de ecrã - 2014-11-07, 20.57.40O cineasta Jack Smith estrela esse divertido curta-metragem, interpretando a matriarca cadavérica Rose Courtyard (inspirada em Rose Kennedy). Vestida completamente de vermelho (vestido, luvas, óculos e peruca), a cadeirante Rose senta-se cerimoniosamente sobre a bandeira americana, o chão coberto de cadáveres, enquanto, na trilha sonora, Kate Smith canta “God Bless America”. Rose carrega para cima e para baixo todo tipo de parafernália excêntrica (uma garrafa térmica, caixas de doces, espigas de milho, escova de vaso sanitário, cartões do Dia dos Namorado, etc), que deixa cair pelo seu caminho. Além de embriagar-se e borrifar seus odorizadores por onde quer que passe, ela examina um antigo livro com recortes de jornal sobre velhas peças de teatro. O final derradeiro de Songs for Rent é a lágrima que escorre pelo rosto da protagonista.


Sinbad of Baghdad
Jack Smith; EUA; 1975; 27min

Captura de ecrã - 2014-11-07, 21.52.11O filme em super 8, SINBAD OF BAGDAD (1978), documenta uma performance na exótica praia em Coney Island, Nova York.


Flaming Creatures
Jack Smith; EUA; 1963; 43 min

Captura de ecrã - 2014-11-07, 20.59.44Jack Smith agracia a liberação anárquica do novo cinema americano com um poder visual e rítmico digno do melhor do cinema formal. Ele alcançou pela primeira vez no cinema tal nível artístico, que se torna absolutamente desprovido de decoro, e um tratamento sobre o sexo, que nos torna conscientes da restrição de todos os cineastas anteriores. Ele tem mostrado, mais claramente do que qualquer um antes, como a licença poética inclui todas as coisas, não só de espírito, mas também carnais; não só de sonhos e símbolos, mas também da realidade sólida. “Em nenhuma outra arte, além do cinema, isso poderia ter sido feito de forma tão completa; e essa capacidade foi realizada por Smith.” - Film Culture

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *