Revista Tatuí #13 e Cine Esquema Novo

A 13ª edição da Revista Tatuí pontua mais um experimento editorial. A “13” nasceu de um processo de residência que mistura arte-cinema-crítica. O resultado está impresso na Tatuí e também em vídeo produzido pelas editoras e colaboradores, disponível na página da revista no vimeo sob o codinome de Cruza. O lançamento acontece na próxima sexta-feira, 03 de agosto, no espaço de arte B³ (Bê Cúbico), às 19h. Na ocasião, além da distribuição de exemplares da revista, terá a estréia do filme.A ideia para edição de número #13 surgiu a partir de um convite feito à Revista Tatuí para participar do Festival Cine Esquema Novo, em abril de 2011, na cidade de Porto Alegre. A proposta inicial era para fazer uma revista de acompanhamento-resenha do CEN. Como contraproposta, ao invés de falar sobre cinema, as editoras sugeriram fazer algo que se situaria entre o cinema, a arte e a crítica. A ideia era misturar. “E então o filme é uma espécie de blocos de sensações, articulados. Cada cena tem autonomia, e quase sempre põe duas forças em relação como mulher e lágrima, sopro e pele, sombra e projeção. A sua costura foi feita a partir de nossa relação (entre os “autores”) e de nós todos com Porto Alegre e com o CEN. Também nos interessava não sermos muito diretos/pedagógicos, por isso o filme deliberadamente não é sobre “cinema, arte, crítica”, mas respira a partir do encontro desses campos, que nos inspiraram à troca”, explica Clarissa Diniz.

Assim nasceu Cruza – experimento de vídeo filmado durante os sete dias do festival, com direção dos artistas Cristiano Lenhardt (RS) e Luiz Roque (RS) – responsáveis pela vinheta do Festival -; e ainda Pablo Lobato (MG) e Sofia Borges (SP), que estavam participando do evento através de exposição de vídeo e fotografia; além das editoras da Tatuí, Clarissa Diniz e Ana Luisa Lima.

Dos desdobramentos do CEN veio a produção do material da versão impressa. Nesta edição estão falas e sensações que, de um lado, problematizam as relações entre arte, cinema e crítica e, de outro, partem já do alargamento desse lugar. “A revista tem o perfil mais concreto sobre os interesses que circunscreveram a criação do filme e nossos dias no CEN. Virou, assim, uma reunião de contribuições que discutem a relação arte-cinema-crítica, tentando não ficar separando os campos, mas entendê-los sem limitações, com corpo e densidade própria e livre”, complementa. E o Cruza vídeo acabou funcionando como o editorial da revista #13.

Além dos editores convidados, foram convidados colaboradores como o coletivo Cine Esquema Novo (Gustavo Spolidoro, Morgana Rissinger, Jaqueline Beltrame, Alisson Avila, Ramiro Paiva), Dellani Lima, Francis Vogner, Luiz Pretti, Max Hinderer, Tiago Mata Machado e Yann Beauvais. Os convidados trabalham com cinema/arte/crítica, e abordam aspectos diversos dessa relação, de preocupações estéticas a posicionamentos políticos em relação ao campo do cinema e ao lugar da cultura/arte hoje.

A revista é patrocinada pelo Hospital São Marcos através do Sistema de Incentivo à Cultura da Prefeitura do Recife e tem apoio do Cine Esquema Novo.

Projeto gráfico – o projeto da Tatuí foi construído a partir de imagens do filme CRUZA. São todos frames retirados do filme, que configuram uma outra narrativa ao longo das páginas. As imagens também são maiores do que o texto (as páginas dos textos são menores), algo que alude ao lugar que a imagem teve nessa revista: mais amplo que nas anteriores. “A #13 tenta ser mais generosa com sua história de surgimento: subjetiva, abstrata, imagética e misturada”, conta Ana Luisa Lima.

Lançamento – A escolha do lugar para o lançamento da Revista Tatuí de Crítica de Arte #13 não é aleatório. O Bê Cúbico é um espaço independente que trabalha com imagem/audiovisual na arte e para além dela. É um espaço de exposições, laboratório e discussões experimentais nesse campo, que reúne artistas de muitos lugares do mundo – e que parte deles expuseram pela primeira vez no Recife exatamente no B³. O espaço é dirigido por Yann Beauvais e Edson Barrus; e Yann é um dos autores que colaboram na #13, com um texto que analisa como a arte trouxe outros ares ao “cinema estrutural”. “Então, lançar no Recife e no B³ é continuar atuando nesse campo aberto pela Tatuí 13”, diz Ana Luisa Lima.

SERVIÇO
Sexta, 03 de agosto
19h
B³ (Bê Cúbico)
Rua do Bom Jesus 172, Quinto Andar, Bairro de Recife
Na ocasião distribuiremos gratuitamente exemplares da revista.
Baixe a Tatuí 13 > issuu.com/tatui/docs/tatui13
Assista o Cruza > http://vimeo.com/revistatatui/cruza
www.revistatatui.com
facebook: Revista Tatuí
@revistatatui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *